25, janeiro de 2014…

olha.. quanta coisa aconteceu, faz tempo que não venho por aqui. mal tenho tempo de ler meus livros, bem tudo tem seu lado bom.. eu sai do meu mundo interior e resolvi ver o mundo mais de perto. permiti que as pessoas se aproximassem de verdade e não apenas ao ponto que as deixo. mas n vou mentir.. ate nessa parte da ponte, aconteceram muitas coisa, e olha.. houve momentos que eu pensei ” ai vem a tsunami” e vejo só.. me tornei a calmaria pós ressaca e 2 segundos. isso me surpreendeu , percebi que realmente sou mais forte, e que meu silencio… a sim, o silencio, se tornou a minha melhor arma. diariamente sou criticada: grossa, ignorante, agressiva.. as pessoas poderiam ser mais criativas pra variar. resolvi falar o que eu penso… e não o que os pelos seres humanos perfeitos gostariam de ouvir. bem, metade dos meus conhecidos e das minhas ex namoradas neuróticas hoje estão me odiando. mas, n me importo… posso dizer que hoje me conheço de verdade, que pena que demorei tanto. talvez por medo, talvez insegurança, talvez… o que importa o talvez ? ele nem existe no meu vocabulário diário.. eu já não tenho mais 16… os 20 estão batendo na porta, aquele cafe de uns anos atras já esfriou. o cigarro ? eita, já vieram tantos outros… eu já nem lembro tudo que já aconteceu… as cicatrizes ficaram e isso e um fato irremediável. não digo que não me arrependo de nada do que fiz, eu procurei as situações.. mas n sabia a gravidade das sequelas. como um câncer benigno eu me curei… ,as a cicatriz ainda esta ali. e hoje quando determinadas situações surgem.. pode ter certeza: corro mais que um maratonista. (risos) não e medo, não é ”talvez..” mas eu aprendi a ser feliz, e olha meu caro isso ta bom demais pra minhas burradas de adolescente inconsequente estragarem tudo. continuo sendo inconsequente: admito. (espero que minha pobre mãe nunca leia isso ) as drogas, estão sempre onde eu quero.. minha querida ”flor de essência” pura vem me tirar desse mundo pra variar… uma vida baseada foda-se, sexo, garotas e álcool. E não meu caro, eu n irei pro inferno, talvez você também deveria prender a ser feliz, não acha ?         - L. tavares..

Eu to me sentindo tao perdida.. sentimental e fragil. Porque me sinto assim?  Sera  q sei mas n quero admitir?  Sao tantas coisas na minha  cabeça. …eu tenho minha nmrda.. mas as vezes eu sinto qus n sou o suficientemente pra ela. Ela e maravilhosa sabe?! Tem um sorriso  q eu jamais vi.. tem um abraço que sao maravilhosos,  e os beijos que meu bom Deus, obrigado por ela existir… mas sabe ela tambem tem os problemas dela e eu n quero ser mais um. Minha casa e a mesma merda de sempre… a falta que sinto de meu pai a cada ano doi mais como se sempre. Meu gato  continua sendo bem legal cmg, e sempre me escuta coitado,  com aquela cara de “quero leite”. Tenho  vontade de dormir por uma semana,  os cafés ja esfriaram e os cigarros se apagaram faz tempo… porque estou assim?  Acho q ppreciso de uma psicóloga. Um rivotril por favor?  De um princesa torta passei a ser louca desvairada, as músicas de Clarice fazem bem sentido nessa minha cabeça quadripolar ou sei la oque ela é. E apesar de tudo está explodindo e se queimando aqui dentro, me mantenho calada, queita. Tentando n encomodadar, amando baixinho…  tentando n surtar de vez. E por fim acho que vou ali  comer uma torta de amora acompanhada de um bom cigarro. ..

Eu sei que e errado,  e a culpa e inteiramente minha. Admito. Eu confio demais, talvez. Bem,  n chega see um caso de confiança mas posso dizer com toda certeza que nunca confiei tanto em alguem assim,  e olha.. digo com sinceridade.  A questao e… na verdade eu nem,  talvez o ciumes de quem esta mais perto de ti esteja falando mais alto e eu n estrja percebendo. Ou me Paixonei tanto ao ponto den perceber que tudo isso e um grande amor crescendo..  um cigarro,  um cafe… cairia bem agora. Os stresses ta vida me tiram  o sono. Cade voce pra me cariciar ate adormecer. Essa e a grande pergunta.. cade voce?  Eu sinto cheiro da marisia de quando eu morava naquela cidade pequena fora do rj. Sinto falta d3 ver o mato. Tomar um bom cafe… jogar conversa fora com  a minha vó enquanto ela lia o jornal. Voce me trouxe todas essas sensações de volta. A calmaria de ver a vida passando devagar… mas agora que a agonia me percegue mentalmente. Cade voce pra me levar aos céus.  Cade voce meu anjo….

To Tumblr, Love Pixel Union
Tumblr Mouse Cursors